sábado, 19 de janeiro de 2013

A MORTE E A VINDA (por André S,Cadore)

Vivendo na noite,bebida na minha veia
Escrevendo minha história,esperando que alguém leia
Sentado  nessa cadeira ao lado do balcão
Espero que ela me olhe e preste atenção
Olhos azuis com a cor do cél
Cabelo negro e lábios cor de mél
Mulher perfeita,bem cuidada
Sozinha sem amigas no meio da madrugada
Se liga meu amigo,ela veio em minha direção
Um piscar de olhar,eu perdi a noção
Peguei pelo seu braço antes de sair
A noite é longa,temos que curtir
A festa estava ruim,o som tava uma bosta
Pedi pra ela se ela queria dar uma volta
Vamos lá ,entra no meu carro
Tenho um carro velho,mas esse modelo é raro
Ela falou que estava que estava na cidade
Em busca de pessoas verdadeiras,longe da falsidade
Mulher,voce encontrou o cara certo
Sincero no amor,mas nao deixo de ser esperto
Confeço que seu beijo é diferente
Muito mais quente me deixa inconsequente
Voce é diferente,quando descubro sua vida
Não gosta de novela,prefere ver corrida
Joga videogame como ninguém
mata todo mundo até o refém
Curte heavy metal e rock mais pesado
Achei a mulher perfeita,eu tinha espesificado
Me trata como um rei que lhe trato como rainha
Fico louco com seu jeito fora da linha
na cama voce é esperta
e me faz o meu sinal parado ficar alerta
Voce era linda mas de poucos namorados
O seu jeito pesado os deixava assustados
Mas preste atenção no que vou te dizer
O seu jeito fóda me faz extremesser
Curte zoar as pessoas ignorantes
Chama o gordo de elefante
Escuta um rock n roll pelo alto falante
nao tem piedade,fala até do cadeirante
Suas piadas ofendem todo mundo
Não quero ficar longe de voce nem por um segundo
Um mês passou depois que te conheci
Alguns teriam se enjoado,mas eu nao desisiti
Namorar sempre vai ser besteira
Mas voce sim é uma verdadeira parceira
Vamos minha linda,vamos na avenida
Des de que a noite faça minha comida
Tomar uma cerveja a noite inteira
De baixo dessa palmeira
Já faz tempo ,ja tenho idade
lembrando no tempo da faculdade
Saindo com os "parcero"
Tomando a noite toda,gritando pro mundo inteiro
Se nao é parcero sempre vou ter a cara fexada
é bom voce ficar acostumada
Voce é a unica vadia que me fez sorrir
Olha o meu passado,venha conferir
Apanhar todo dia,eu não me convencia
Ouvir ofenças e duvidas sobre o sucesso
Isso lhe digo,confesso
Apanhei muito pra sumir na vida
Me jogando na luta,um suicida
Amor não é pra sempre
é bom que si lembre
Voce é perfeita,mas nada vai durar
Uma hora vamos ficar velhos e se enjoar
Mas sempre com meu colar
Passa lá em casa,vamos autentificar
Um homem de grande porte
Que supera tudo,sem me do da morte
O tempo passa,voce se arremeça
a uma vida de drogas,esqueçe uma promeça
eu também parti pra outra em uma manção
Pelo menos consegui o meu novo filhão
Vai crescer e ser bem sucedido
Ganhar muita grana e zoar os "bandido"
Cabelos negros,2 metros de altura
Tem moral,e seus olhos ninguém fura
O velho aqui ta partindo pra melhor
Mas sabe que seu filho cresceu e nao vai ficar na pior
Segunda geração vai nos dar alegria
Um futuro brilhante,que ninguem se convencia
Mamãe melhorou e pode lhe cuidar
Contar sobre mim não vai adiantar
Bola pra sempre ,voce é um vencedor
Orgulho do papai,um verdadeiro "comedor"
Um homem de verdade,que não teme a dor
E tem como objetivo ser um puta professor
Na arte de evoluir
Aproveitando a vida,indo consumir
Meus olhos se feixaram,voce que me viu
Ouça sua mae,ela persistiu
Jogue XBOX
Assista Rachel Roxxx
Nao que lhe tornem inferior
Mostre para eles a verdadeira dor
Adeus meu filho,aproveita o inverno
Que eu não sei se vou para o inferno...